CARTA: Trump diz que perdoaria manifestantes de 6 de janeiro

 ARQUIVO - Um manifestante é mostrado ferido durante um confronto com a polícia durante um comício nesta quarta-feira... ARQUIVO - Um manifestante é mostrado ferido durante um confronto com a polícia durante uma manifestação na quarta-feira, 6 de janeiro de 2021, no Capitólio em Washington. (Foto AP/John Minchillo)

Donald Trump afirmou que, se concorrer e for eleito presidente novamente, perdoará as pessoas condenadas pelo motim no Capitólio. Você está brincando comigo? Isso seria um tapa na cara dos membros do Congresso, do ex-vice-presidente Mike Pence, da polícia do Capitólio e de outros trabalhadores que estavam no prédio naquele dia.

Por que alguém iria querer perdoar aqueles que cometeram tal violência? O Sr. Trump não se importa com o país ou as regras que nosso governo tem respeitado desde que nossa Constituição foi escrita. Ele se preocupa apenas consigo mesmo e com o que irá beneficiá-lo pessoalmente. Os eleitores precisam acordar e ver Trump por quem ele é. Nunca mais poderemos ter este homem desprezível no Salão Oval.